Não aguenta ver seu bebê chorar com a dor da dentição? Veja como preparar o picolé de leite materno e amenize o sofrimento nessa fase!

Mordedor gelado, toalhinha fria e fruta congelada são algumas alternativas para aliviar a dor da dentição. Mas, além dessas opções, você já ouviu falar do peitolé? Também conhecido como “tetolé”, trata-se de um picolé de leite materno criado para acalmar os bebês ou ajudar a refrescá-los nos dias quentes.

Neste artigo, entenda quando usar e como preparar o peitolé, além dos cuidados necessários para produzir com segurança esse alimento. Boa leitura!

Quando o picolé de leite materno é indicado?

O picolé feito com leite materno é indicado principalmente quando os dentinhos do bebê começam a nascer. Nessa fase, a gengiva fica inchada e dolorida, o que acaba incomodando muito. Para aliviar o desconforto, o indicado é aplicar algo gelado na região, fazendo com ela seja anestesiada e proporcione uma sensação calmante.

Por esse motivo, o peitolé é uma boa opção durante o processo de dentição, sendo que seu uso é mais seguro do que o de pomadas, géis e outros medicamentos anestésicos. O picolé também é usado para aliviar os dias quentes do verão, refrescando o bebê do calor intenso.

Para evitar que o picolé comece a “competir” com a amamentação, é importante oferecê-lo só a partir dos 6 meses — período em que a deglutição também está mais madura. Além de ser uma alternativa mais natural e saudável, a maioria dos bebês adora esse leite congelado, que pode ser usado como se fosse um mordedor para aliviar a coceira na gengiva.

banner kinedu alimentação bebê

Como preparar o peitolé?

O processo para fazer o picolé de leite materno é muito simples. Você só vai precisar dos seguintes itens:

  • leite materno recém-extraído;
  • forminhas de gelo ou de sorvete (sem bisfenol A) bem higienizadas.

Encha as forminhas com o leite materno e leve ao freezer. Depois de congelar, desenforme, e pronto! Para ficar ainda mais fácil, a dica é deixar todos os picolés já desenformados dentro de potinhos higienizados. Assim, sempre que seu bebê se sentir incomodado com os dentinhos ou o dia estiver muito quente, basta pegar um peitolé e oferecer a ele.

Quais são os cuidados necessários no preparo?

Apesar das vantagens do picolé de leite materno, é importante tomar algumas precauções no preparo para garantir a saúde do seu bebê. Para começar, é fundamental higienizar muito bem as forminhas que você vai usar.

Esse cuidado também deve ser observado no processo de ordenha e manipulação do leite materno. Além disso, evite acrescentar qualquer outro ingrediente ao peitolé, principalmente se o seu filho ainda tiver menos de 6 meses de vida.

Para finalizar, também é bom lembrar que o picolé de leite materno não deve ser usado com o objetivo de alimentar o seu bebê, mas sim para aliviar o calor ou as dores do nascimento dos dentes. Afinal, o melhor alimento para a nutrição do bebê é sempre o leite materno em temperatura natural.

No kinedu | aprender, você pode assistir a uma aula sobre o uso do peitolé e outras formas de aliviar a dor da dentição do seu bebê, além de centenas de outras aulas de especialistas sobre amamentação, introdução alimentar, saúde, desenvolvimento e outros temas. Baixe o app e teste 7 dias GRÁTIS!