Tem dúvidas sobre o que fazer quando o bebê dorme por horas seguidas à noite e não chora para mamar? Entenda se é preciso acordá-lo!

A amamentação pode trazer dúvidas, principalmente, para as mães de primeira viagem. A preocupação para algumas delas é: “meu bebê não acorda para mamar à noite“.

Enquanto algumas mulheres relatam exaustão nos primeiros meses, por conta da frequência das mamadas noturnas, outras ficam com medo de o bebê dormir por muitas horas sem se alimentar e, com isso, não ganhar peso.

Para esclarecer sobre essa e outras questões, desenvolvemos este post. Continue a leitura, descubra se é preciso acordar o seu pequeno para mamar, como identificar se há algum problema caso ele não acorde, quais os sinais de fome e muito mais!

Afinal, devo acordar o meu bebê para mamar?

Muitas mães relatam “meu bebê não acorda para mamar” e ficam na dúvida sobre o que fazer. No caso de recém-nascido, é importante acordá-lo caso ele não desperte sozinho. É que eles têm muito sono nos primeiros dias e semanas após o nascimento, assim, não apresentam sinais de fome na frequência necessária para se alimentar bem.

A recomendação é que a amamentação ocorra sempre que eles sentirem fome, mas também, a cada 2 horas durante o dia e entre 4 ou 5 horas durante à noite. Assim, se ele não acordar depois de cinco horas sem mamar, talvez seja necessário interromper o sono dele e amamentá-lo, para que ele possa, gradualmente, ganhar o peso necessário para se desenvolver de maneira saudável.

Baixe GRÁTIS o Kinedu e acompanhe o desenvolvimento do seu bebê!

O ideal é perguntar a opinião do seu pediatra: se ele indicar que você deve acordar seu bebê, siga as instruções dele. Ele é o profissional que conhece as necessidades de desenvolvimento do seu filho.

Como saber se há algum problema caso o bebê não acorde para mamar?

Saiba que, durante as duas primeiras semanas de vida, os bebês conseguem dormir e pular o horário das mamadas. Apenas tente garantir que, nesse período, os intervalos entre elas não sejam superiores a quatro ou cinco horas, como dissemos no tópico anterior.

Há bebês que mamam o suficiente durante o dia e não precisam acordar para mamar durante a noite. Isso não é um problema, desde que seu filho esteja feliz e saudável em todos os aspectos.

banner kinedu sono

Se o seu pequeno estiver mamando pelo menos oito vezes por dia, a cada duas ou três horas, sujando cerca de seis fraldas por dia e ganhando peso, então, você não precisa se preocupar! Ele pode estar dormindo cinco ou mais horas sem acordar para mamar e isso não quer dizer que algo está errado.

No entanto, se perceber que seu bebê não está ganhando peso, é melhor levar a situação para o pediatra. Ele poderá investigar por que seu filho não está acordando para mamar ou se há outras causas envolvidas.

Sono durante o dia

Da mesma forma, se seu pequeno não acorda para mamar durante o dia, mas está crescendo a um ritmo saudável, aproveite esse tempo para recarregar suas próprias energias. Principalmente, se o seu médico disser que não há necessidade de acordá-lo, deixe seu bebê dormir.

Quais sinais apontam que o seu bebê está com fome?

“Meu bebê não acorda para mamar” é uma grande preocupação das mães, principalmente, porque elas não sabem se os pequenos estão ou não com fome. Confira, a seguir, alguns sinais que o seu pequeno dá e que apontam se está na hora de amamentar:

  • acordar no meio do sono;
  • virar a cabeça ao sentir algo encostar em sua bochecha;
  • colocar a língua para fora;
  • chupar os lábios;
  • tentar comer a mão;
  • começar a reclamar;
  • remexer e se contorcer;
  • posicionar-se para mamar;
  • procurar o peito de quem o está carregando;
  • respirar mais rápido;
  • chorar.

Qual a frequência ideal das mamadas?

O recomendável é que você alimente seu recém-nascido a cada duas ou três horas ou sempre que ele pedir. Dessa maneira, é possível estabelecer seu suprimento de leite e garantir que ele receba os nutrientes e calorias necessários para crescer de forma saudável.

No entanto, tente relaxar, pois não é necessário fazer uma planilha para anotar a frequência e seguir os horários específicos para as mamadas. Deixe seu bebê mamar quando ele quiser, a chamada amamentação em livre demanda, mas mantenha o controle das trocas de fralda.

No primeiro mês, você provavelmente vai trocar cerca de dez fraldas por dia — sendo seis fraldas com xixi e três ou quatro com cocô. Após o primeiro mês, seu bebê vai molhar de quatro a seis fraldas por dia, e diminuir, aos poucos, a frequência de suas evacuações.

Por que seu pequeno deve ter um sono de qualidade?

Por último, entenda que o fato de o bebê dormir algumas horas seguidas também é importante para o seu desenvolvimento. É que o cérebro deles cresce rapidamente durante o primeiro ano de vida e o processo de formação de conexões neurais acontece justamente durante o sono. 

Como é normal a mãe ficar muito cansada com todos os cuidados com o pequeno, aproveite para tentar dormir bem à noite se o seu filho não acordar várias vezes para mamar.

Meu bebê não acorda para mamar durante à noite” — se isso tem deixado você receosa quanto à saúde do seu pequeno, entenda que é preciso ter uma atenção maior a esse aspecto, especialmente, nas primeiras quatro semanas de vida. Em caso de dúvidas, peça sempre a orientação do pediatra.

Gostou de acompanhar este post? Quer ficar por dentro de outros temas sobre a rotina do seu bebê? Então baixe GRÁTIS o nosso aplicativo para acompanhar de perto o desenvolvimento do seu pequeno!