Amamentar é uma forma de amor e conexão com o bebê, mas é preciso observar as posições para amamentação para garantir a saúde de ambos.

As dores nas costas, o cansaço e outras questões do dia a dia podem impactar o aleitamento, comprometendo o desenvolvimento da criança. Encontrar boas posições para amamentação é priorizar o relaxamento tanto para a mamãe quanto para o bebê nesse momento.

Neste post, você vai entender a importância da ergonomia ao amamentar e conhecer posições que são recomendadas para ajudar no seu bem-estar e no do seu bebê enquanto ele se alimenta do leite materno!

Amamentação e ergonomia: uma importante relação

A rotina diária já exige esforços físicos, ainda mais depois da chegada de um bebê. São muitas atividades que as mães precisam executar para cuidar de um bebê ainda tão dependente e dar conta de outras demandas.

A amamentação é um instante que deve ser aconchegante e prazeroso. Por isso, a posição corporal tem relevância e merece atenção especial. O modo de sentar, segurar e apoiar o bebê pode trazer dores e incômodos.

O ideal é encontrar a posição certa e fazer a adaptação conforme as preferências da mãe e do filho. Você se sentirá bem melhor para desfrutar desse momento e aproveitar para observar e conversar com o seu pequeno.

banner kinedu alimentação bebêPowered by Rock Convert

Posições para amamentação recomendadas

Trouxemos exemplos de posições de amamentação para ajudar você a encontrar formas mais agradáveis de alimentar o seu bebê. Assim, quando se levantar, vai se sentir tranquila por estar bem fisicamente e ter contribuído para o desenvolvimento do seu pequeno.

Posição invertida ou Posição de jogador de futebol americano: com o bebê de lado, passando o corpinho pela lateral da mãe

Essa é uma posição que pode ser mais fácil de manter por um período mais longo, pois o peso do bebê não faz pressão sobre o abdômen. É recomendada para a mamãe que passou por uma cesariana ou tem seios fartos. Veja:

  • sente-se com uma almofada ao lado;
  • coloque o seu bebê do lado que você deseja amamentar;
  • mantenha o nariz em nivelamento com o mamilo;
  • use a palma da mão para apoiar o pescoço do seu pequeno;
  • conduza-o até a aréola de uma forma suave e calma.

Deitada de lado: mamãe e bebê deitados de lado na cama

Para a amamentação noturna, essa é uma posição excelente, pois mantém tanto a mãe quanto o seu bebê deitados e mais relaxados:

  • deite-se ao lado do seu pequeno e se mantenha de frente para ele;
  • apoie o seu corpo e o do bebê com almofadas ou cobertores;
  • mantenha um dos seus braços sob a cabeça dele para maior apoio;
  • com a mão livre, guie a boquinha do bebê até a sua aréola.

Posição de cavalinho: com o bebê sentado de frente para a mãe, no colo

Se o seu bebê já fica sentado sem apoio, essa posição é ideal; caso contrário, é preciso segurar bem as costas e a cabeça, para que ele tenha apoio suficiente. Para bebês que têm refluxo, é uma posição que pode evitar que eles engasguem:

  • sente-se e coloque o seu bebê sentado nas suas coxas;
  • posicione o corpo do seu bebê com a coluna e a cabeça eretas;
  • direcione o seu bebê para o peito;
  • dê suporte segurando suas costas para evitar dores na região.

As posições para amamentação são um complemento para proporcionar a qualidade da alimentação do seu pequeno. Ao acompanhar o desenvolvimento do bebê em todas as fases, você sentirá um prazer absoluto na maternidade.

Gostou do post? Baixe grátis o app Kinedu e confira artigos e atividades relacionados a amamentação e desenvolvimento infantil!