Com quantos meses nasce o primeiro dente do bebê? Essa é uma pergunta difícil de ser respondida, já que cada bebê tem o seu tempo.

É comum que surjam várias dúvidas durante o primeiro ano de vida da criança. Afinal, tudo é muito novo para os pais, mesmo que não sejam de primeira viagem. Uma das questões frequentes é: com quantos meses nasce o primeiro dente do bebê?

Tudo o que envolve os dentinhos do pequeno traz certa insegurança nos pais que, muitas vezes, não sabem o que fazer para melhorar o incômodo e outros sintomas da dentição. Pensando nisso, trouxemos este post, que conta mais sobre o assunto. Para conferir, basta continuar a leitura. Vamos lá?

Com quantos meses nasce o primeiro dente do bebê?

O nascimento do primeiro dente pode variar de bebê para bebê. Enquanto alguns podem ter o dentinho já com 3 meses, outros permanecem banguelas até o primeiro aniversário. Porém, geralmente, os primeiros dentes começam a aparecer entre os 4 meses e os 7 meses.

É comum que os primeiros dentes a nascerem sejam os incisivos centrais inferiores, seguidos pelos incisivos centrais superiores. Até os 3 anos, grande parte das crianças já tem todos os dentes de leite. Você sabia que existem bebês que já nascem com dente?

Pois é isso mesmo! Apesar de raro, pode acontecer. Nesse caso, o recém-nascido pode ter que e o extrair o dentinho. Isso porque o dente pode oferecer algum risco para a saúde do bebê, como estar mole e poder ser engolido ou aspirado, ou incômodo na amamentação, como estar afiado e cortar o mamilo.

Quais são os sinais de que os dentes do bebê estão nascendo?

Alguns sinais são muito comuns no nascimento dos primeiros dentes. É preciso saber que nem todos os bebês têm sintomas, mas se o seu filho apresentá-los, entenda que pode ser dentinho vindo por aí. Confira os principais sinais de dentição:

  • inchaço e inflamação nas gengivas;
  • gengivas sensíveis;
  • aumento da salivação;
  • o bebê se recusa a mamar ou comer;
  • o bebê quer morder tudo o que vê pela frente, colocando objetos na boca;
  • o bebê pode ter problemas para dormir;
  • irritabilidade e inquietação.

Alguns incômodos são comuns. Porém, se o seu filho apresentar febre, diarreia e muita dor, é importante buscar por ajuda médica. Consulte o seu pediatra para se certificar que está tudo bem com a saúde do pequeno.

Como aliviar os incômodos do nascimento da dentição?

Como dissemos, os primeiros dentinhos trazem muitos incômodos para o bebê. Não é à toa que os pequenos ficam chorosos e muito irritados. Mas você sabia que dá para ajudar a aliviar o problema e melhorar a qualidade de vida do bebê nessa fase? A seguir, confira algumas dicas:

  • esfregue as gengivas do bebê, massageando-as com seu dedo limpo;
  • ofereça mordedores apropriados;
  • coloque os mordedores no congelador, pois o frio ajuda a amenizar o incômodo;
  • se o seu bebê ainda estiver em aleitamento exclusivo, ofereça picolé de leite materno ou da fórmula infantil que ele consome;
  • dê um pano limpo molhado ou congelado para o seu bebê morder e coçar a gengiva;
  • para bebês que já começaram a introdução alimentar, você pode oferecer sorvetinhos de frutas sem açúcar. Para isso, basta congelar a papinha de frutas amassadas.

Quais os principais cuidados com a dentição do bebê?

A primeira dentição do bebê exige alguns cuidados especiais, não apenas com a higiene, mas também para evitar a ocorrência de problemas bucais. Neste tópico, contamos o que você precisa saber sobre o assunto. Confira!

Visita ao dentista

As visitas periódicas ao dentista devem começar a partir do nascimento do primeiro dente. O profissional se certificará de que a dentição está se desenvolvendo adequadamente. Além disso, ele poderá fornecer orientações em relação à higiene adequada, e o bebê começará a se acostumar com ter a boca manipulada, facilitando as consultas futuras.

banner kinedu saúdePowered by Rock Convert

Medicamentos e colar de âmbar

Atualmente, encontramos diversos medicamentos e produtos que prometem reduzir os incômodos do nascimento dos dentes do bebê, como os géis anestésicos e o colar de âmbar. Saiba que nenhum deles é recomendado.

Os remédios devem ser evitados por conta dos efeitos colaterais. Já o colar de âmbar, por oferecer risco de estrangulamento e asfixia. Sendo assim, prefira medidas mais naturais para aliviar os sintomas, como as dicas que demos neste post.

Cárie de mamadeira

A cárie de mamadeira é quando o problema afeta bebês na época do aleitamento. Sim, até mesmo os dentinhos que acabaram de nascer podem ser prejudicados com as cáries. Elas aparecem quando o pequeno consome alimentos com muito açúcar, principalmente à noite, como mamadeira adoçada.

Como higienizar os primeiros dentinhos?

Os primeiros dentinhos exigem tanto cuidado quanto em qualquer fase da vida. Afinal de contas, esses dentes de leite acompanharão o pequeno por alguns anos e devem ser fortes e saudáveis. A seguir, veja como você pode higienizar a boca do seu filho.

Antes do primeiro dente

Mesmo o recém-nascido sem qualquer dente deve ter a boca higienizada. Isso ajuda a habituá-lo com o momento da escovação. Com uma gaze limpa e úmida em volta do seu dedo, massageie as gengivas do seu filho após cada mamada.

Após o primeiro dente

Após o nascimento do primeiro dentinho, já é hora de começar a escovação. Esse pode ser um momento um tanto quanto difícil para os pais caso as crianças não estejam acostumadas a terem a boca manipulada. Sendo assim, a melhor maneira é transformar o momento em uma brincadeira.

A escova deve ser apropriada para a idade e com cerdas extramacias. O creme dental deve ser indicado pelo odontopediatra. A quantidade do produto é bem pequena, do tamanho de um grão de arroz. Escove o dentinho de forma gentil, para não irritar as gengivas ou causar dor.

Como os bebês têm dificuldades para cuspir, é interessante enxaguar a escova, e com ela sem nada, escovar novamente para enxaguar a boca.

A posição mais fácil para escovar o dentinho do seu filho é colocá-lo em seu colo com a cabeça apoiada em seu braço. Geralmente, a frequência recomendada de escovação é de duas vezes ao dia. Entretanto, é sempre bom seguir as orientações do odontopediatra.

O desenvolvimento infantil não é igual para todas as crianças e, com a dentição, isso não é diferente. Agora que você já sabe com quantos meses nasce o primeiro dente do bebê, é importante buscar suporte profissional e contar com a ajuda do aplicativo Kinedu para acompanhar o crescimento do seu filho.

Baixe agora o Kinedu para acompanhar e estimular o desenvolvimento do seu filho. O app está disponível tanto para Android quando para iOS.