O banho de sol para o bebê é uma recomendação muito popular e que as pessoas dizem trazer benefícios. Mas será que é válida mesmo?

Provavelmente, você já deve ter ouvido falar que o banho de sol para o bebê é ótimo e que faz muito bem para os recém-nascidos. Mas você já parou para se perguntar se é isso mesmo? Será que todos os pequenos devem tomar sol diariamente, como os palpites dizem?

Sabemos que a maioria das pessoas quer dar dicas para ajudar no desenvolvimento do bebê. Entretanto, nem tudo o que os mais experientes falam está correto e de acordo com as recomendações médicas. Por isso, é importante estar por dentro do assunto para preservar a saúde do seu filho.

Neste post, contamos mais sobre o banho de sol do bebê, como dar e se realmente é benéfico para todos. Continue a leitura e confira!

Por que o banho de sol é importante para o bebê?

Levar o bebê para tomar sol é uma das atividades que mamãe e papai gostam de fazer. Afinal, dar um passeio é sempre bom para distrair e relaxar. Entretanto, não é só para isso que o hábito serve. Expor-se à luz solar por alguns minutinhos por dia é benéfico à saúde, inclusive para a dos pequenos.

Vale lembrar que, quando falamos em banho de sol, nos referimos a uma exposição controlada e adequada, e não ao excesso, ok? Uma das vantagens da prática é a síntese de vitamina D, que nada mais é do que uma substância responsável pela absorção do cálcio no organismo, fundamental para ter ossos e dentes fortes e saudáveis.

Baixe GRÁTIS o Kinedu e acompanhe o desenvolvimento do seu bebê!

Embora esse nutriente possa ser encontrado no leite materno e nos alimentos, é durante a exposição solar que o nosso corpo consegue sintetizar a maior parte. Em um estudo realizado em Nova Deli pela Universidade de Ciências Médicas, pesquisadores concluíram que os bebês que tomam sol regularmente conseguem boas quantidades de vitamina D, o que ajuda no bom desenvolvimento.

Aliás, é bem popular a recomendação de banhos de sol em recém-nascidos com icterícia neonatal. Isso porque a luz do sol na pele ajuda a eliminar o excesso de bilirrubina, pois o fígado consegue captar a substância mais facilmente.

Embora a exposição solar tenha essas indicações, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Academia Americana de Pediatria (AAP) não recomendam o banho de sol em bebês com menos de 6 meses. Além disso, vale lembrar que o uso de protetor solar também não é recomendado nessa faixa etária. Por isso, é importante conversar com o pediatra do seu filho antes de expô-lo ao sol.

Quais são os benefícios do banho de sol do bebê?

A vitamina D não é o único benefício dos banhos de sol para o bebê. Existem outras vantagens em levar o pequeno para o passeio matinal. Veja só.

Melhora o humor

Não é à toa que em dias mais frios a gente se sinta mais lento e deprimido. A luz solar é fundamental para a produção de serotonina, que é o hormônio do bem-estar. Dessa maneira, tomar alguns minutinhos de sol ajuda a melhorar o humor, inclusive do seu bebê. Isso é ótimo, principalmente, nas épocas em que os pequenos ficam mais irritados.

banner kinedu saúdePowered by Rock Convert

Melhora o sono

Como dissemos, a luz do sol aumenta a produção de serotonina que, por sua vez, se transforma em melatonina à noite, ou seja, o hormônio do sono. Sendo assim, a conta é simples: quanto mais serotonina, mais melatonina e, consequentemente, um sono melhor. Como sabemos, dormir é superimportante para o desenvolvimento físico e mental das crianças.

Quais são os cuidados para o banho de sol do bebê?

É preciso tomar alguns cuidados importantes antes de levar os bebês para tomar sol. Caso contrário, como a pele é muito fininha, podem ocorrer queimaduras, insolação e sensibilização para o câncer de pele. Por isso, trouxemos algumas dúvidas respondidas, confira.

Como vestir o bebê?

Para que os raios solares sejam eficazes na produção de vitamina D, é fundamental que toquem diretamente a pele. Portanto, deixe o máximo do corpo do bebê exposto. Se estiver calor, coloque apenas a fralda no pequeno.

Se estiver frio ou ventando, é essencial colocar roupinhas para manter a criança aquecida, mas deixe os braços e as pernas de fora. Lembre-se de proteger os olhinhos, pois são sensíveis e podem ter prejuízos se expostos ao sol.

O banho de sol deve ser ao ar livre?

Se você não quiser sair de casa para levar o bebê para o banho de sol, não há problema. A luz que entra pela janela aberta pode ser o suficiente. Sempre tomando os mesmos cuidados em relação ao horário, roupa e tempo de exposição.

Qual é o melhor horário?

Os melhores horários para o banho de sol do bebê são antes das 9h da manhã e após as 16h. O tempo seguro de exposição é de 10 a 15 minutos. Mais do que isso, a pele do bebê pode sofrer irritação e vermelhidão, que são sinais de queimação.

O banho de sol é para todos os bebês?

Embora apresente benefícios, o banho de sol pode não ser para todos os bebês. A seguir, confira alguns casos em que tomar sol não é recomendado.

Pele sensível

Alguns bebês apresentam a pele ainda mais sensível que outros. Por essa razão, é preciso procurar orientação médica antes de levá-los para tomar sol. Isso porque eles apresentam maior propensão a ter reações à exposição solar, como erupções cutâneas, descamação e irritação.

Prematuros

Os bebês prematuros ainda não têm a capacidade de se ajustar às temperaturas mais altas. Por esse motivo, não é recomendado que eles tomem banho de sol nas primeiras semanas de vida. Depois, é preciso buscar orientação médica para saber se é indicado ou não que o bebê tome sol.

Quais são as controvérsias sobre o banho de sol para o bebê?

Atualmente, grande parte dos especialistas está discutindo se os benefícios do banho de sol para o bebê superam os riscos da exposição à luz solar tão precocemente. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, os efeitos dos raios ultravioleta são cumulativos, e o sol tomado na infância pode ser perigoso a longo prazo.

Isso não quer dizer que os bebês não possam sair ao sol, mas devem estar protegidos por chapéu, roupa e sombrinha, além do protetor solar nos pequenos com mais de 6 meses. E a vitamina D, como fica? Nesse caso, é possível suplementar por ingestão. Inclusive, atualmente, a ingestão de vitamina D é recomendada ainda durante a gestação.

Como você pôde conferir, o banho de sol para o bebê pode ser benéfico para a síntese de vitamina D e para melhorar o humor e o sono do pequeno. Entretanto, a prática não é recomendada em todos os casos. Por isso, é imprescindível pedir a opinião do pediatra que acompanha o desenvolvimento do seu filho antes de começar essa atividade.

Quer saber mais sobre os cuidados com a saúde do bebê e ter ideias de atividades para fazer com o seu pequeno? Baixe GRÁTIS o app Kinedu e dê ao seu bebê o melhor começo de vida!