Preocupar-se com a rotina do bebê é importante para o desenvolvimento saudável do pequeno, pois o ajuda a entender o que acontece ao seu redor.

A rotina do bebê é mais importante do que se possa imaginar. Muito mais do que apenas definir os horários em que o seu pequeno deve dormir ou acordar, ela ajuda no desenvolvimento global da criança, como no cognitivo, no socioafetivo e até mesmo na saúde.

Muitos cuidadores têm dúvidas sobre como elaborar a rotina do bebê, e isso é absolutamente normal. Afinal, cada criança é única e, muitas vezes, o que é bom para uma pode não ser para outra.

Quer entender mais sobre o assunto? Então, continue a leitura, pois vamos contar tudo o que você precisa saber e mais: uma ferramenta que vai ajudar nessa missão. Vamos lá?

Por que a rotina do bebê é importante

Imagine ficar um dia inteiro sem relógio. Seria bem confuso, não é mesmo? Como saber se já é a hora de almoçar? Ou se logo estará anoitecendo? Está cedo ou tarde para ir dormir? Tudo isso é bem importante para sabermos em qual parte do dia ou da noite estamos e para entendermos cada momento da nossa rotina.

Agora pense que, apesar de você ainda não conseguir ver as horas, tem alguém para falar que está no horário de almoço, de tomar banho ou de ir se aprontar para dormir. Fica bem mais fácil se situar, certo? É mais ou menos desse jeito que funciona a rotina do seu bebê.

Baixe o Kinedu e acesse aulas sobre rotina do bebê, sono, alimentação e outros temas importantes para pais!

Quando a criança nasce, não sabe quando é o dia ou a noite. O relógio biológico precisa de ajustes para, então, começar a perceber o conceito de tempo — e uma programação pode ajudar com isso. Ao ter uma sucessão de eventos bem definida todos os dias, seu filho consegue compreender melhor o que acontece ao seu redor.

Além disso, os bebês vivem em um constante aprendizado, com novas experiências o tempo todo, e isso pode causar certa agitação. É bem chato quando não sabemos como será o nosso dia — e o mesmo acontece com eles. Por isso, um ambiente previsível faz com que os bebês se sintam mais seguros e confortáveis.

Trouxemos alguns mitos e verdades para testar seus conhecimentos. Responda o quiz abaixo para descobrir o quão por dentro deste assunto você está!

De que maneira a rotina do bebê ajuda a ele e à família

A programação dos hábitos do bebê ajuda a estabelecer as horas para adormecer, a organizar as fases seguintes do crescimento e até mesmo pode diminuir as birras que o seu filho pode ter com o tempo. Saiba mais adiante!

Ajuda na hora de dormir

Quando o bebê tem costumes bem definidos, fica mais fácil entender os momentos em que é necessário desacelerar e então se preparar mentalmente para a hora de dormir. O ritual para o sono, a fim de estabelecer uma atmosfera de conforto, pode ser criado entre quatro e seis meses de vida do seu filho.

Auxilia nas próximas fases

O bebê que tem hábitos para adormecer pode superar com mais facilidades algumas mudanças que acontecerão ao longo do seu crescimento. Durante o primeiro ano e depois disso, é normal ter dificuldade para pegar no sono ou continuar dormindo. Portanto, as práticas estabelecidas para o relaxamento conseguem auxiliar nas fases seguintes.

Configura o relógio biológico

No momento em que o seu filho ainda é pequeno, ele precisa desenvolver o aprendizado para diferenciar o dia e a noite. Os costumes diários adotados pelos cuidadores ajudam a configurar o ritmo circadiano do seu bebê, também conhecido como relógio biológico. A sequência de atividades nos mesmos horários e com frequência contribui para isso.

Diminui a chance de birras

O planejamento ainda auxilia nas conciliações com o seu pequeno no dia a dia. Afinal, a rotina faz com que a criança esteja ciente das atividades que pode fazer diariamente. Ao estipular que seu filho pode brincar depois de fazer a lição de casa, diminuem as chances de ele apresentar resistência em cumprir com a tarefa.

Baixe o Kinedu e compartilhe desafios, dicas e experiências com uma comunidade de +7 milhões de famílias!

Com o tempo, a criança pode se sentir mais segura para fazer as atividades da escola de forma tranquila. A garantia de diversão depois de completar a lição ajuda a criar uma sensação de estabilidade para o seu filho. Por isso, a chance de haver birras no cotidiano fica menor.

Desenvolve o autocontrole

Essa autoconfiança que as crianças ganham ao ter uma rotina se estende às mais diversas áreas. É possível ajudar no desenvolvimento das habilidades sociais e do autocontrole. Além do mais, reforça comportamentos positivos e promove oportunidades de aprendizado. Viu como não é apenas ter horários?

Os cuidadores também ganham

Estabelecer uma rotina é benéfico não só para o próprio bebê, mas para os cuidadores também. Por exemplo, uma criança que troca o dia pela noite pode deixar o pessoal da casa acordado no momento em que precisa relaxar. Assim, o dia a dia fica cansativo. Já aquela que sabe o horário de dormir permite que os pais descansem.

As horas dedicadas para os rituais do sono podem se tornar momentos para estreitar os laços afetivos com o seu pequeno, principalmente se você trabalha e precisa ficar longe de casa durante o dia. Além do mais, as práticas relaxantes podem tornar as noites mais tranquilas para você.

Como aplicar a rotina para o bebê

Essa é uma questão de muita gente. Já entendemos que devemos ter uma rotina do bebê, mas não sabemos como e quando iniciá-la. Por volta dos dois a quatro meses de vida é que seu pequeno começa a entender as atividades que são feitas diariamente, no mesmo horário. Você pode começar antes disso, mas é nessa idade que eles compreendem mais.

A constância das atividades é um dos segredos para estabelecer hábitos. Porém, as programações não podem ser mais relevantes do que as necessidades do seu filho, principalmente nos primeiros meses. Então, a ideia é que a rotina definida diariamente não seja rígida. Se for a hora de dormir e o pequeno estiver com fome, ofereça o leite.

banner kinedu saúde

Baixe GRÁTIS o app Kinedu e acompanhe o desenvolvimento do seu bebê!

Muitas vezes, as rotinas das mães, dos pais e dos cuidadores pode ser bastante corrida. Nem sempre é viável estabelecer horários para os hábitos do seu filho, devido às obrigações do trabalho ou cuidados com a casa. Por isso, tente fazer o possível para estabelecer essa rotina dentro da sua realidade de vida.

Ter essa noção de flexibilidade também é necessário para compreender as mudanças que ocorrem com o bebê durante o crescimento. À medida que ele cresce, as necessidades para a rotina se alteram. O ajuste das atividades pode ser feito com o passar dos meses e anos de vida da criança.

Veja 7 dicas para colocar em prática a rotina do bebê

A seguir, detalhamos alguns hábitos que podem ser adotados no cotidiano para ajudar a criar uma programação de atividades para o seu filho. Confira!

Defina os horários

Para ajudar a criar padrões para o dia a dia do seu bebê, anote qual é o período de sono mais longo da noite. Conheça também os sinais de sono que seu filho dá, como bocejar ou esfregar os olhos. É recomendado que você leve o pequeno para a cama quando estiver com sono, mas não precisa estar muito cansado.

Entenda que, durante os primeiros meses de vida, você terá sorte se ele dormir entre cinco ou seis horas seguidas. Nessa fase, as horas de sono costumam ser mais curtas. Quando você compreender o horário mais longo de sono da noite, tente programar uma rotina cerca de meia hora a 45 minutos antes.

Por exemplo, se ele costuma dormir de forma mais prolongada entre 21h e 2h, você pode iniciar a rotina por volta das 20h30 ou 20h15. Esses horários podem mudar, porque cada criança terá os seus próprios hábitos. Dessa forma, você consegue respeitar os hábitos de sono que seu filho apresenta e estabelecer horários adequados.

Tente ser consistente

É possível que, a partir dos oito meses de vida, o seu pequeno comece a mostrar dificuldade para dormir se você deixá-lo no quarto e ir para a sala, por exemplo. Nessa etapa, a criança começa a desenvolver a compreensão de que você pode estar lá fora, em algum lugar, mesmo que não consiga vê-la.

Baixe o Kinedu e tenha acesso a chats com especialistas em rotina do bebê e outros temas!

É também nessa fase que ele percebe que, se ele ficar agitado e chorar, passará mais tempo com você. Por isso, uma estratégia que pode ser útil é fazer o ritual de sono no quarto dele. A transição para o berço tende a ser mais fácil e o ajuda a pensar nesse ambiente como um espaço de conforto.

Caso o bebê ainda esteja se movimentando muito quando colocá-lo no berço, você pode ficar alguns minutos no quarto apenas para que ele saiba que está perto. No entanto, não pegue ele no colo nem acenda as luzes, porque isso pode dificultar o sono. Se tiver consistência nesses hábitos, com o tempo ele pode se acalmar para dormir.

Pratique hábitos de relaxamento

Uma loção de lavanda ou de camomila na hora do banho também ajuda a criar a sensação de relaxamento. Um banho quente pode ajudar a induzir o sono no seu bebê, mas não é recomendado adotar esse hábito todas as noites quando o seu filho for recém-nascido ou muito pequeno, porque a pele dele é mais sensível.

Deixe os momentos mais afetuosos

Cantar uma canção mais suave ajuda a preparar o cenário para o sono e deixa esse momento com o seu pequeno mais afetuoso. Você ainda pode dizer algumas palavras de despedida, como “Boa noite, eu te amo”, acompanhado de um beijo na cabeça, antes de sair do quarto.

Ensine as diferenças entre dia e noite

Para que seu filho entenda melhor a diferença entre o dia e a noite, é possível deixar a casa mais silenciosa ao final do dia. Apagar as luzes ou usar uma iluminação mais agradável ainda auxiliam o bebê a pegar no sono. Fechar as cortinas, desligar a TV e guardar seu celular também ajudam nesse momento.

Espere mudanças durante o crescimento

Ao passo que o seu bebê fica mais velho, ele pode ficar mais agitado antes de adormecer. Quando essas mudanças acontecerem, você pode alterar a hora do banho para mais cedo e deixar as atividades mais relaxantes, como contar uma história ou fazer uma massagem, para mais perto da hora de dormir.

Prepare-se para imprevistos e não se desespere

Na hora de estabelecer uma rotina para o bebê, não precisa esperar nem cobrar perfeição de você mesma e do resultado. É natural que algumas coisas não saiam como planejado. É fundamental considerar que os hábitos podem ser flexíveis e ajustados às suas necessidades e às da criança.

Como o Kinedu pode ajudar

O Kinedu é um aplicativo que ajuda os pais a acompanhar e estimular o desenvolvimento dos seus filhos. Além de acompanhar os marcos do desenvolvimento, é possível ter acesso a mais de 1.800 atividades e artigos personalizados de acordo com a idade e o estágio de desenvolvimento da criança. Tudo isso baseado em estudos científicos.

Com o aplicativo, você consegue montar um plano de atividades a partir das habilidades do seu pequeno. Assim, você tem as informações necessárias para superar os desafios, inclusive os de montar a rotina do bebê, e estimulá-lo da forma adequada.

Baixe o Kinedu e tenha acesso ilimitado a aulas ao vivo, conteúdo gravado e +1.800 atividades de desenvolvimento infantil!

Entenda melhor as fases

Por falar em rotina, o aplicativo ajuda também a entender as fases da criança e serve como guia do que pode ser feito para atravessá-las da melhor maneira. Por exemplo, um pico de crescimento pode ser a razão pela qual o bebê não consegue dormir direito e não está mais seguindo os horários.

Tenha o registro dos passos

Se, antigamente, as mamães e os papais ficavam perdidos nessas horas ou recorriam às orientações não muito confiáveis de leigos, hoje podem contar com a tecnologia para ajudá-los. Além disso, é uma ótima forma de guardar toda essa fase tão gostosa dos pequenos, pois todos os passos ficam registrados no aplicativo.

A rotina do bebê é tão ou mais importante do que podemos imaginar. Por meio dela, auxiliamos os pequenos a ajustar o relógio biológico, tornando o dia a dia bem mais fácil. E tem mais: é uma forma de ensinar autocontrole e transmitir segurança e confiança.

Para ter sucesso nessa missão, podemos contar com um aplicativo de acompanhamento do desenvolvimento infantil que ajuda a lidar com as diversas situações do crescimento. Quer saber mais sobre o Kinedu? Então, baixe o aplicativo gratuitamente e teste agora mesmo!